Páginas

12 de jan de 2011

Eu vou sobreviver


Quando você me disse adeus pensei que o meu mundo acabaria ali, naquele exato momento. Mas. os dias se passaram e eu continuo de pé. Sim, eu chorei, eu sofri, e confesso que ainda não consegui te esquecer, que às vezes, eu sonho acordada com os momentos que passamos juntos. Mas isso não me impede de viver, não me impede de rir com meus amigos, de me divertir com outros caras, nem de ser feliz sozinha.
Depois que você me deixou, e claro, depois de muitas lágrimas, passei mais tempo comigo mesma. Parei de pensar como "nós" e comecei a pensar como "eu". Descobri coisas que eu realmente gosto, passeia frequentar lugares que você nunca me levou, conheci pessoas que jamais pertenceriam ao seu grupo social, parei de gastar meus crédito ligando para você e mandando aquelas mensagens melosas, comecei a usar meu celular para reatar velhas amizades que eu quase havia esquecido. Por sorte, meus amigos me perdoaram por eu me tornar tão dependente de você. Agora percebo como fui tola ao dedicar a minha vida a um idiota que graças a deus me jogou fora. Digo graças a Deus, pois sou uma mulher reciclável. Reciclei a minha vida e depois tirei você dela.

Um comentário:

Rafa Sady disse...

A gente sempre sobrevive, ngm é a ultima bolacha do pacote. E é otimo ver reações como a sua, nada de ficar parada esperando o tempo passar \o
:*