Páginas

14 de ago de 2010

Sou normal???

Acho que já ouvi no mínimo 500 vezes que não sou uma pessoa muito normal, e mesmo sem entender por que não sou considerada normal, não me importo nem um pouco com isso. Afinal o que é normal?
Estava fazendo uma leve pesquisa na internet sobre conceitos de normalidade, eis alguns resultados:
  • Normalidade é um estado padrão, normal, que é considerado correto, justo sob algum ponto-de-vista. É o oposto da anormalidade. A normalidade muitas vezes se dá por conta de uma maioria em comum, sendo anormal aquele que contraria esta maioria. A normalidade também se dá por um resultado padrão ao realizar uma operação com alta probabilidade de se repetir. (alguém entendeu alguma coisa?)

  • Segundo o Dicionário de Psicologia, a palavra normal, significa “que não se afasta exageradamente do vulgar, da média ou da norma “(Chaplin, 1981). E a palavra norma que vem do latim significa, medida, linha de orientação, regra.
Então, segundo o pouco que consegui entender dos trechos acima, normal é uma pessoa que segue a regra, certo? Tudo bem, posso aceitar isso. Mas... que regra?
Até onde eu sei, não há em nenhuma constituição, uma lei que diga o que devemos vestir, comer ou pensar, portanto, ser diferente não é quebrar nenhuma regra, é apenas ser quem você é, sem se importar com o que os outros lhe impõem.
E se você é uma dessas pessoas, que saem por aí dizendo quem é e quem não é normal, que tipo de padrão você usa pra definir isso?
Tente encontrar alguém IGUAL a você. Se não conseguir é por que você é diferente, ou seja, não é normal. Se conseguir, é por que você é uma cópia.

Um comentário:

Luiza disse...

é a verdade! quem quer ser cópia? quem gosta de ser igual? no fim todos somos diferentes, esse é o bom. normal é apenas uma palavra tediosa, sem graça. beijos