Páginas

20 de jan de 2012

Talvez seja cedo


I do - Colbie Caillat
Ainda é muito cedo pra dizer que te amo, eu nem sei o que realmente é o amor. Mas você se tornou meu ponto fraco, meus medos e inseguranças se voltaram para você, e ainda assim você faz com que eu me sinta forte. Por algum motivo você consegue fazer comigo o que outro garoto jamais faria. Apenas ouvir seu nome já me faz bem. Você sorri para mim, e de repente eu sinto que todo o meu mundo se resume a você. Basta um olhar seu pra derreter meu coração de gelo, que parecia ser intocável. Você parece ler meus pensamentos, penetrar na minha mente, consegue até mesmo me convencer que os seus muitos defeitos te deixam mais charmoso.
Quando estamos conversando e você me rouba um beijo, percebo que não há sentido para palavras, quando você me abraça, sinto-me tão confortável que tenho vontade de dormir em seus braços todas as noites. Quando você segura minha mão, meu desejo é de não te soltar nunca mais. Quando você canta para mim as suas horríveis músicas preferidas, com sua voz desafinada e seu ritmo descompassado, mesmo que me doa os ouvidos, me torno sua fã número um, do tipo que dormiria na fila para te ouvir cantar.
Sei que nós estamos juntos a pouco tempo e que eu deveria esperar mais para ter certeza do que estou sentindo, só que tudo parece tão sólido, tão real, tá durável, que a minha vontade é cochichar que te amo, bem devagarzinho, bem no seu ouvido, pra você entender direitinho o porquê do meu ciume e da minha felicidade. Talvez seja muito cedo pra dizer... mas agora eu já disse.

Um comentário:

Emi disse...

''Talvez seja muito cedo pra dizer... mas agora eu já disse.''
Que texto mais doce. E olha, por mais que seja cedo, não há dúvida que é amor, né? rsrs
Lindo!
Beijos!